Terça, 25 de junho de 2019
86 9 9983-4382
Brasil

06/06/2019 às 13h50 - atualizada em 06/06/2019 às 14h41

Thiago Maciel

Teresina / PI

Tráfico internacional de drogas e sonegação fiscal envolvem Aviões do Forró
A empresa que administra a banda e outras mais, está sendo investigada pelo MPF por crimes obscuros
Tráfico internacional de drogas e sonegação fiscal envolvem Aviões do Forró
Xandy Aviões e Isaías CDs

Uma decisão da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão, do Ministério Público Federal, proferida em Brasília, em 2014, mas que só veio à público esta semana, com grande repercussão midiática, revela que os sócios da empresa A3 Entretenimentos, que administra a Banda "Aviões do Forró" e mais uma infinidade de bandas e empreendimentos.


Além de terem sido alvos da Operação "For All", da Polícia Federal em conjunto com a Receita Federal, ocorrida em 2016 e que apuram crimes de sonegação fiscal de mais de R$ 500 milhões, organização criminosa e lavagem de dinheiro.


Ainda são investigados pelo Ministério Público Federal, no Procedimento Investigatório Criminal nº 0010725-65.2013.4.05.8100, pela suposta prática dos crimes de homicídio, lavagem de dinheiro, ameaças, tráfico internacional de drogas e formação de quadrilha, correlatos ao de sonegação fiscal.


Isaías CDs é o cabeça da empresa.


O Ministério Público Federal, por meio da procuradora regional da República Luiza Frischeisen, em concordância com a Justiça Federal, é favorável à investigação contra o empresário Isaías CD, dono dos Aviões do Forró, por tráfico internacional de drogas, homicídios, ameaças e formação de quadrilha.


São acusados também os sócios da A3 e os vocalistas Xand Avião e Solange Almeida. O Procedimento Investigatório Criminal (PIC) havia sido arquivado, mas de forma não consensual.


Em tempo


Agora, além de se defender das acusações de estupro e sonegação de impostos, Isaías terá de provar que não era uma aviãozinho dentro dos Aviões.


 




Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium
Receba notícias do Portal G7 pelo WhatsApp WhatsApp